Consultadoria e Serviços de TI e Contact Center
Carrinho 0
Shopify secure badge

Gostámos


Parceiros


Aprenda a gerir o stress no local de trabalho

Fernanda Sousa Fontes gerir stress gestão de stress minimizar stress stress trabalho work

O stress afeta milhões de pessoas. Uma das formas mais comuns de stress está relacionada com as nossas carreiras e com o local de trabalho.

No atual e complicado panorama económico, o stress relacionado com o trabalho é cada vez mais visível.  Preocupações sobre se seremos ou não capazes de manter o emprego, o seguro de saúde e até mesmo manter as nossas casas, desempenha um grande papel no stress e a possibilidade de perder um emprego pode ser assustador.  Outra palavra para o stress é tensão ou ansiedade.

Quando alguém sofre de stress, existem muitos sintomas diferentes e repercussões. Dependendo do nível e frequência de stress, alguns desses sintomas podem tornar-se graves e causar uma série de problemas.

O stress afeta-nos física e psicologicamente. O ritmo cardíaco aumenta, podemos ter dores de cabeça e ficamos irritados com muita facilidade. Quem trabalha em posições de alto stress ou trabalhos perigosos, bem como quem está empregado em locais de alta pressão são muitas vezes propensos a sofrer de stress.  O ambiente de trabalho, as relações com os colegas de trabalho e as pressões por parte do cliente podem contribuir para o stress no trabalho.

Compreender como gerir, minimizar e lidar com o stress pode ajudar as pessoas a sentirem-se mais relaxadas e a reagir à medida que situações de stress surgem à sua volta.

Certos fatores tendem a caminhar de mãos dadas com o stress relacionado com o trabalho. Algumas das fontes de stress mais comuns são:

  • Baixos salários.
  • Cargas de trabalho excessivas.
  • Fracas oportunidades de crescimento ou avanço.
  • Trabalho que não é envolvente ou desafiador.
  • Falta de apoio social.
  • Não ter controle suficiente sobre as decisões relacionadas com o trabalho.
  • Solicitações contraditórias ou expectativas de desempenho pouco claras.

Quais os efeitos do stress não controlado?

Infelizmente, o stress relacionado com trabalho não desaparece quando vai para casa ao fim do dia. Quando o stress persiste, pode contribuir negativamente para a sua saúde e bem-estar.

A curto prazo, um ambiente de trabalho stressante pode contribuir para problemas como dor de cabeça, dor de estômago, distúrbios do sono, irritabilidade e dificuldade de concentração. O stress crónico pode resultar em ansiedade, insónia, pressão alta e um sistema imunológico enfraquecido. Também pode contribuir para condições de saúde como depressão, obesidade e doenças cardíacas. Juntamente com o problema, as pessoas que sofrem de stress excessivo muitas vezes lidam com isso de formas não saudáveis, como comer demais, comer alimentos não saudáveis, fumar cigarros ou abusar de drogas e álcool.

Tomar medidas para gerir o stress

  • Identifique os fatores de stress - Mantenha um diário por uma semana ou duas para identificar quais as situações que geram mais stress e como responde a elas. Registe os seus pensamentos, sentimentos e informações sobre o meio ambiente, incluindo as pessoas e circunstâncias envolvidas, o ambiente físico e como reagiu. Levantou a voz? Foi buscar um snack à máquina de venda? Foi dar uma volta? Tomar notas pode ajudá-lo a encontrar padrões entre seus fatores de stress e as suas reações a eles.
  • Desenvolva respostas saudáveis - Em vez de tentar combater o stress com fast food ou álcool, faça o seu melhor para fazer escolhas saudáveis ​​quando sentir a tensão subir. Fazer exercício é uma boa forma de combater o stress. Yoga pode ser uma excelente escolha, mas qualquer forma de atividade física é benéfica. Faça também questão de encontrar tempo para hobbies e atividades favoritas. Seja ler um romance, ir a concertos ou jogar jogos com a sua família, certifique-se que reserva tempo para as coisas que lhe trazem prazer. Ter uma noite de sono de qualidade também é importante para a gestão eficaz do stress. Construir hábitos de sono saudáveis, limitando a sua ingestão de cafeína no final do dia e minimizando atividades estimulantes, como computador e uso de televisão, à noite.
  • Estabeleça fronteiras - No mundo digital de hoje, é fácil sentir a pressão para estar disponível 24 horas por dia. Estabeleça algumas fronteiras trabalho-vida para si mesmo. Isso pode significar criar uma regra para não verificar e-mail à noite em casa, ou não atender o telefone durante o jantar. Embora as pessoas tenham preferências diferentes referente ao quanto misturam o seu trabalho com a vida pessoal, criar algumas fronteiras claras entre esses reinos pode reduzir o potencial de conflito entre trabalho e vida e o stress que acompanha.
  • Tire um tempo para recarregar forças - Para evitar os efeitos negativos do stress crónico e desgaste, precisamos de tempo para reabastecer e voltar ao nosso nível de funcionamento pré-stress. Este processo de recuperação requer 'desligar' do trabalho ao definir períodos de tempo em que não está envolvido em atividades relacionadas com o trabalho, nem a pensar sobre o trabalho. É por isso que é fundamental que desligue de vez em quando, de uma forma que se adapte às suas necessidades e preferências. Não deixe os seus dias de férias irem para o lixo. Quando for possível, tire um tempo para relaxar e descontrair, para que volte ao trabalho sentindo-se revigorado e pronto para executar as suas tarefas no seu melhor. Quando não for capaz de tirar um tempo, tenha um impulso rápido de desligar o smartphone e concentre a sua atenção em atividades que não estejam relacionadas com o trabalho por um tempo.
  • Aprenda a descontrair - Algumas técnicas como a meditação, exercícios de respiração profunda e atenção plena (um estado no qual observa ativamente experiências e pensamentos atuais sem julgá-los) pode ajudar a combater o stress. Comece por tirar alguns minutos todos os dias para se concentrar numa atividade simples como respirar, caminhar ou desfrutar de uma refeição. A habilidade de ser capaz de se concentrar propositadamente numa única atividade sem distração vai ficar mais forte com a prática e verá que poderá aplicá-la a muitos aspetos diferentes de sua vida.
  • Fale com o seu supervisor - Os funcionários saudáveis ​​são tipicamente mais produtivos, assim o seu chefe tem um incentivo para criar um ambiente de trabalho que promova o bem-estar dos funcionários. Comece por ter uma conversa aberta com o seu supervisor. A finalidade não é estabelecer uma lista de queixas, mas sim criam um plano eficaz para controlar os fatores de stress que identificou, para que possa executar o seu trabalho da melhor forma. Embora algumas partes do plano possam ser projetadas para ajudá-lo a melhorar suas habilidades em áreas como a gestão de tempo, outros elementos podem incluir a identificação de recursos de bem-estar patrocinados pelo empregador aos quais possa ter acesso, esclarecer o que se espera de si, obter os recursos necessários ou o apoio de colegas, enriquecer o seu trabalho para incluir tarefas mais desafiadoras ou significativas ou fazer mudanças no seu espaço de trabalho físico para torná-lo mais confortável e reduzir a tensão.
  • Obtenha algum apoio - Aceitar a ajuda de amigos e familiares de confiança ​​pode melhorar sua capacidade de gerir o stress. O seu empregador também poderá ter recursos de gestão de stress disponíveis através de um programa de assistência aos funcionários, incluindo informações on-line, aconselhamento disponíveis e encaminhamento para profissionais de saúde mental, se necessário. Se continuar a sentir-se derrotado pelo stress no trabalho, pode querer conversar com um psicólogo, que pode ajudá-lo a gerir melhor o stress e mudar o comportamento menos saudável.

  

Fontes:


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente


Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos

Sale

Indisponível

Sem stock